8 diciembre, 2010

Trigal (portugués)

Estela Sandoval

No Comments

TRIGAL
 
(Sandro-Anderle)
Intérprete: Sandro

Trigal
Um dia a minhas mão se fartaram
te abração e arrevatão
um amor o meu trigal
trigal trigal.
 
Dame o trigal dos teu meus amores
vem acalmar a minhas dores
com o pão do meu trigal
com o pão do meu trigal
trigal trigal.
 
Trigo maduro teus cabelos
dourados como a cor do sol
eu sou o dono do teu fruto
sou o moinho deste amor
hay!! trigal.
 
Dame este pão que faz a vida
cobre de paz minhas feridas
e diz que é meu, o teu trigal:
 
Trigal trigal
e diz que é meu, o teu trigal
e diz que é meu, o teu trigal.
 
Trigo maduro teus cabelos
dourados como a cor do sol
eu sou o dono do teu fruto
sou o moinho deste amor
trigal.

Dame este pão que faz a vida
cobre de paz minhas feridas
e diz que é meu, o teu trigal
e diz que é meu, o teu trigal.

e diz que e meu o teu trigal
e diz que e meu o teu trigal

426 total views, 1 views today

Leave a Reply

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Conoce cómo se procesan los datos de tus comentarios.